A comunicação Interna e os nãos

A área do jornal, dos comunicados, das festas e eventos. Muitas vezes, a comunicação se vê como a pastelaria do Chico. Contudo, a culpa por este estigma pode ser dela mesmo.

Renato Martinelli, Consultor de Treinamentos e de Educação Corporativa, defende ser a comunicação responsável pelo seu rótulo. Isto é, se na organização a área não é protagonista e contenta-se em emitir comunicados das decisões que ela não participou, ela vai continuar sendo pastelaria e no fim do dia sempre será: um de carne e dois de queijo.

Por outro lado, se a comunicação busca mostrar-se de uma maneira estratégica e traça uma linha de confiança com seus públicos, ela torna-se relevante para todos e promove, entre outras coisas, a ideia de engajamento.

Confira a seguir as percepções e conselhos do profissional sobre como a comunicação interna deve postar-se nas organizações.

cta

França

França

Jornalista, especialista em cinema e mestrando em Literatura, nas horas vagas lembra da tempestade que destruiu Macondo e combate o crime em Gotham City.