Buscar profissionais internos ou abrir seleção externa: qual é o momento ideal para cada processo

Sua empresa mantém os currículos dos colaboradores atualizados ou somente aqueles recebidos na hora da seleção para a vaga? Se sua empresa se encaixa na segunda opção, provavelmente você está esquecendo que buscar profissionais internos pode ser mais vantajoso que contratar um desconhecido. Embora a prática de manter o perfil dos funcionários em dia esteja crescendo dentro do RH das organizações, a maioria dos gestores não guarda ou atualiza informações sobre seu capital humano.

Em uma entrevista para o Portal da ABRH-BA,  Cezar Tegon, presidente da Elancers – empresa especializada em atração e seleção online – afirma que a falta de conhecimento sobre o público interno resulta na busca prioritária por novos profissionais. “O problema dessa prática é que a empresa desestimula sua equipe ao trazer gente de fora para uma vaga que poderia ser preenchida por pessoas da própria organização, garantindo assim um processo de meritocracia que premiaria os melhores com promoções dentro da própria empresa”, concluiu.

A grande vantagem de selecionar profissionais da própria empresa é, além da economia com  anúncios de vaga e custos de admissão, o conhecimento prévio do colaborador e a retenção de talentos. Ele já é parte da empresa e está adaptado à cultura organizacional. Por esse motivo, o gestor já tem informações sobre seu método de trabalho, dificuldades, qualidades e comportamento. Outra vantagem é que o colaborador passa a sentir maior motivação e valorização para melhorar seu desempenho, capacitar-se e fazer carreira na empresa.

Se a organização precisa de ideias e experiências novas ou de um profissional que possua conhecimento muito específico que não encontrou na equipe, talvez a melhor opção seja o recrutamento externo. Novos profissionais enriquecem os recursos humanos e podem trazer também contribuições relevantes para o capital intelectual da organização.

Lembre-se que sempre optar pela seleção externa pode desmotivar a equipe e reduzir a confiança e fidelidade dos colaboradores, provocando aumento de turnover  Por isso, antes de anunciar uma vaga, procure por talentos internos e gente que demonstre vontade de crescimento profissional dentro da empresa.

Crédito de imagem: Photl/CC

Radamés Martini

Radamés Martini

Rada Martini é Administrador de Empresas com MBA em Gestão de Projetos; fundador e CEO da SocialBase.