Como os gestores podem facilitar a adoção de uma rede social corporativa

Em um post anterior aqui do Blog da Rede Social Corporativa, mostramos como o CEO da Nokia usou uma rede social corporativa para cativar a equipe. Na hora de implantar uma tecnologia desse tipo, é fundamental contar com o apoio dos administradores, dada a capacidade que eles tem de cativar a equipe e ganhar a atenção de todo o corpo funcional. Para provar isso, vamos mostrar neste post como os gestores podem facilitar a adoção de uma rede social corporativa com três ações.

  • Identificar entusiastas e criar uma equipe para gerir a rede: o gestor pode (e deve) se envolver no processo de implantação de uma rede social corporativa. Porém, é fundamental que ele delegue para uma equipe a responsabilidade sobre a ferramenta. Esse grupo terá, entre outras tarefas, a função de mediar discussões internas, auxiliar os usuários com dúvidas sobre o funcionamento da ferramenta e acompanhar a expansão da rede.

    No início, não é recomendado que essa tarefa seja delegada para qualquer colaborador. Nesse caso, o gestor pode ajudar a identificar quais pessoas e setores tem mais afinidade com esse tipo de solução: especialistas em redes sociais, funcionários mais ligados em tecnologia, entre outros. Esses entusiastas vão abraçar o projeto e, junto com os gestores, vão pensar em maneiras para tornar a rede mais abrangente e útil.

  • Migrar discussões internas para a rede: não basta apenas contar com uma ferramenta de comunicação interna – é preciso preenchê-la com conteúdos relevantes para o corpo funcional. Por isso, uma das formas de colaborar para o sucesso da rede social corporativa é migrar discussões e mensagens importantes para lá, tornando-a um canal de informações cada vez mais oficial.

    Algumas organizações experimentaram essa migração e, hoje, colhem bons resultados. A multinacional Atos Origin, especializada em tecnologia da informação, decretou em 2011: quer ser uma empresa livre de e-mails. “Nossos gestores ficam entre cinco e 20 horas semanais respondendo e lendo e-mails”, afirma o CEO da empresa, Thierry Breton, neste material promocional. No lugar do correio eletrônico, a companhia investiu em soluções inovadoras de comunicação, como as redes sociais corporativas. “Nossos colaboradores já sabem usar mídias sociais”, diz Breton.

    Esse processo de migração feito na Atos Origin pode ocorrer de duas formas diferentes (e complementares). A primeira delas é publicar conteúdos de interesse de todos os públicos internos. A sua equipe responsável pela rede social corporativa deve usá-la para publicar, por exemplo, comunicados e informações relevantes, como escalas de folga e relatórios. Outra possibilidade é, assim como ocorre na Nokia, usar a ferramenta para publicar mensagens dos próprios gestores. Os diretores podem compartilhar mensagens sobre o futuro da empresa, sobre o atual andamento dos trabalhos, entre outros. Com esse bom exemplo dado pelas lideranças da companhia, os funcionários se sentem mais próximos da alta gestão e passam a entrar no sistema para dialogar com os administradores e saber o que eles estão pensando.

  • Estimular campanhas de conscientização sobre a ferramenta: por fim, os gestores podem facilitar a adoção de uma rede social corporativa investindo em uma ação interna de conscientização. Basta explicar para o corpo funcional as vantagens que o sistema trará para o dia a dia de trabalho. Você já está ciente delas – que tal explicá-las para os demais integrantes da equipe?

    Na hora de criar a campanha, lembre-se que não basta dizer como a rede social corporativa é interessante. É preciso mostrar a sua utilidade, a sua aplicação na prática. É eventual que alguns colegas tenham dúvidas na hora de se cadastrar na nova ferramenta. Por isso, durante a campanha, é interessante deixar um canal aberto para receber dúvidas e sugestões. Lembra daquela equipe que você criou para zelar pela rede, que citamos no primeiro tópico? Ela é essencial para essa parte do projeto.

Você, gestor, o que fez para estimular o uso de uma rede social na sua empresa? Deixe seu relato nos comentários e compartilhe conosco a sua experiência.

SocialBase

SocialBase

Conectamos as pessoas tornando o trabalho mais simples e produtivo! <3