Comunicação entre lojas é crucial para o sucesso no varejo

Pense em um enorme grupo de varejo. Quantas pessoas trabalham nele? Cinco mil? Vinte mil? Como todos se comunicam dentro de uma loja? E como uma loja se comunica com outra? Não é fácil, certo? E uma má comunicação entre lojas ou mesmo dentro delas pode colocar um negócio varejista abaixo, já que vendedores, por exemplo, precisam estar totalmente alinhados às metas da organização propostas em segmentos administrativos.

Para pontuar alguns aspectos da comunicação entre lojas no varejo, Liz Morrell, correspondente especial da revista RetailWeek, realizou uma excelente reportagem sobre o tema, que pode ser lida na íntegra aqui. Ao final, ele especifica alguns passos fundamentais para uma comunicação entre lojas eficaz, que nós reproduzimos aqui:

– Qual é o objetivo dessa comunicação?

Você precisa saber se o objetivo é informar, obter algum feedback ou gerar algum resultado.

– Qual é a mensagem e como você quer que ela seja recebida?

Varejistas geralmente sabem muito bem o que querem comunicar, mas não pensam muito em como essa mensagem deve ser recebida. Um comunicado sobre uma reestruturação, por exemplo, pode soar bastante negativo, mas se vier acompanhado de um adendo de como isso salvaguardará os empregos dos colaboradores, além de melhorar os negócios, a preocupação pode se transformar em positividade.

– Qual é o seu público-alvo e que mídia você deve usar para alcançá-lo?

Esse é um grande desafio do varejo. Existem muitas unidades de lojas e pessoas com diferentes níveis sociais e de informação, além da hierarquia do negócio. Isso significa que podem ser necessários vários tipos de comunicação específicos para diferentes partes da organização. As mudanças dentro da empresa também afetam cada nível de maneira diferente e os canais de comunicação abertos para cada um também devem ser diferenciados. A gerência, por exemplo, pode ter acesso a e-mails, enquanto o pessoal do operacional não. Portanto, é preciso saber escolher a mensagem e o meio corretos.

– Quando você deve enviar uma mensagem?

Às vezes, você não pode controlar o timing de uma mensagem, mas, na comunicação entre lojas, você precisa ter um certo controle. Isso evitará que os funcionários saibam antes de você comunicar que o seu negócio está comprando outro, por exemplo. Ou, ainda, que eles fiquem sabendo de uma mudança muito depois de ela acontecer, provocando um sentimento de distância entre lojas e lideranças.

O que você acha? Há outras preocupações relacionadas à comunicação entre lojas no varejo? Dê sua opinião.

Fonte: RetailWeek

 

SocialBase

SocialBase

Conectamos as pessoas tornando o trabalho mais simples e produtivo! <3