Como criar uma intranet mais colaborativa para disseminar conhecimento corporativo

Um anúncio feito pelo grupo Nielsen Norman em 2013 destacou as 10 melhores intranets corporativas do mundo na época e recomendava que “a intranet de uma empresa deve ser percebida no contexto da evolução dos sites externos e aplicativos que seus empregados utilizam no dia a dia”, ou seja, a intranet, como é conhecida hoje, precisa mudar. Pensando na gestão de pessoas e de conhecimento, o empreendedor deve usar como modelo para sua plataforma interna os canais sociais que seus funcionários já estão habituados a interagir.

Além disso, é fundamental que se pense em uma estratégia que apresente ferramentas colaborativas, como comentários sobre conteúdo compartilhado, páginas de trabalhos realizados pelas equipes e eventos. É exatamente essa colaboração na intranet corporativa que vai resultar em um maior engajamento dos funcionários.

Nesse sentido, pense que os conteúdos e a estrutura da plataforma também podem ser enriquecidos devido às contribuições de seus membros. Então, como criar uma intranet nesses moldes? Pensamos em três dicas para compartilhar com você:

Escolha uma plataforma que se adeque ao perfil de sua equipe

Não adianta escolher a solução mais tecnológica se a sua equipe não está acostumada a um ambiente 2.0. Comece devagar, apresente a nova intranet social em detalhes, tire todas as dúvidas. Feito isso, incentive o uso da plataforma. Faça com que todos se sintam à vontade para compartilhar conteúdos, comentar outras publicações, criar fóruns de discussão e interagir no bate-papo. O bom clima organizacional se refletirá em resultados para todos e, principalmente, para o empreendedor.

Pensar o design da estrutura também é importante. Ainda de acordo com o estudo do Nielsen Norman Group, oito dos dez vencedores contaram com apoio externo para desenvolver o desenho da rede social corporativa. Pense em uma parceria entre público interno e externo, que conhecem a equipe e a tecnologia, respectivamente, para escolher o modelo mais adequado para o seu negócio.

Opte pelo modelo de gestão descentralizada

O fator principal no impasse de como criar uma intranet mais colaborativa consiste em apostar em um modelo descentralizado, sem hierarquia nas postagens, por exemplo, para que todas as áreas possam refletir informações relevantes. Em uma rede social corporativa que incentiva a troca de ideias e o colaborativismo, todos os membros da empresa são emissores, porta-vozes e autores da instituição. Toda a equipe pode transmitir conhecimento a um projeto, ao mesmo tempo em que o grupo incentiva o crescimento da empresa.

Pense na atualização constante da intranet

Implantar uma rede social corporativa demanda tempo e investimento. Por isso, não desperdice o trabalho, e não deixe sua plataforma ficar ultrapassada. Pense em melhorias contínuas, em buscadores mais rápidos e inteligentes, em recursos mais interativos, atualizações de bate-papo, para que os membros da equipe não deixem de utilizar o recurso e, assim, compartilhar conhecimento sobre a sua marca.

Os estudos do Nielsen Norman Group reforçam essa ideia e acrescentam que quando a equipe utiliza a intranet corporativa, não deve sentir que está manejando um carro velho e sem freios, ou seja, “a experiência não deve ser lenta, perigosa (por conter informação equivocada) ou tediosa”.

E você, pensa em como criar uma intranet mais colaborativa? Tem interesse no poder de disseminar sabedoria corporativa dessa plataforma? Compartilhe conosco o seu relato pelos comentários!

SocialBase

SocialBase

Conectamos as pessoas tornando o trabalho mais simples e produtivo! <3