Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Endomarketing: motivação para melhores resultados

Olhe a sua volta, no computador, no e-mail, no jornal, na TV, pela janela. Será quase impossível você não ser impactado por uma ação de marketing em algum desses canais. Ok, a janela não é um canal oficial de mídia, mas pode tornar-se um.

Talvez a história da janela seja um pouco exagerada, todavia um dos preceitos do marketing é identificar uma necessidade e criar a oportunidade a ela. E, sim, funciona! O uso de técnicas do marketing tradicional nas corporações recebeu  a nomenclatura de endomarketing, termo cunhado, em 1995, por Saul Bekin em seu livro “Conversando sobre endomarketing”.  Para ele, o endomarketing deve compartilhar entre os funcionários e setores os valores e objetivos de uma corporação harmonizando e fortalecendo relações.

Não esqueça que existem diferenças entre endomarketing e comunicação e interna. O endomarketing é uma ferramenta de estimulo e valoração de seus colaboradores que, por sua vez, ao receber as informações necessárias de forma clara e transparente retornam diretamente na produtividade e no atendimento. Acerca disso, uma pesquisa da Universidade de Harvard afirma: “colaboradores desmotivados rendem de 20% a 30% de sua capacidade enquanto no outro lado o rendimento é de 80% a 90%, ou seja, 4 vezes mais”.

o endomarketing é a aplicação de técnicas do marketing tradicional ao público interno. Ou seja, trate seu cliente interno tão bem ou melhor que o externo. Afinal, ele é o rosto que seu cliente final vê no “balcão”

O ponto é a motivação

De acordo com especialistas, a motivação dos funcionários está diretamente ligada a pergunta: por que trabalhar?
Há para a indagação inúmeras respostas. Dependendo de como é feita, por quem e como. Segundo Reginah Araujo há três princípios comuns: autonomia; aprendizado e propósito. Em sua análise as pessoas sentem-se mais motivadas quando ganham mais conhecimento, têm autonomia no trabalho e possuem um desafio bem desenhado a sua função. Além disso, é claro, estão relacionados um ambiente de trabalho agradável e um salário atrativo.

Portanto, se seus colaboradores estão desmotivados ou apenas desinformados seus consumidores também o estarão. O resultado pode ser a perda de clientes – 68% deles abandonam as empresas devido a uma má experiência no atendimento – e de funcionários.

Para evitar a fuga de clientes e colaboradores entendê-los é um ponto crucial. O endomarketing pode auxiliar nessa tarefa.

Como estruturar um plano de endomarketing

Conheça mais sobre o assunto no ebook “Endomarketing: cliente interno, o coração das organizações“.

endomarketing o coração das organizações