O que os números dizem: métricas nas ferramentas de comunicação interna

Importante meio de disseminação de conhecimento e informação dentro das empresas, a comunicação interna dá suporte para diferentes áreas, desde a gestão de pessoas até a parte mais tecnológica da organização. Para isso, uma ferramenta de suporte é fundamental – seja uma intranet, um house organ, um blog ou até uma rede social corporativa. Com as informações geradas diariamente pelo sistema, é possível definir alguns padrões e características de setores e colaboradores. Separamos alguns desses “indicadores” para você observar se eles estão presentes no seu dia a dia e se eles podem ajudar a qualificar a gestão:

Aceitação de ideia e as “curtidas”

Algumas ferramentas de comunicação interna permitem que os usuários sinalizem os conteúdos e comentários preferidos. Algumas redes sociais corporativas, por exemplo , contém a função “Gostei”, semelhante ao Like do Facebook. Em blogs internos feitos sob plataformas gratuitas, como o WordPress.org, há a possibilidade de “gostar” de posts e sinalizar comentários como positivos ou negativos. Dessa forma, é possível medir quais ações da empresa foram bem recebidas pelos funcionários. Uma postagem sobre mudança de horários que foi bem curtida, por exemplo, mostra um acerto em relação aos colaboradores.

Compartilhamentos e as pessoas estratégicas para a comunicação

Muitas ferramentas permitem o compartilhamento de informações postadas nos canais oficiais. Um colaborador que dissemina esse tipo de conteúdo deve ser observado pelos gestores: ele colabora com a comunicação e, provavelmente, está comprometido com a empresa. Ele pode ser um líder no seu setor, independente de ter cargo de gerência, e deve ser levado em conta pelas políticas de RH.

Comentários e debates indicam assuntos relevantes

Os canais de comunicação suportam muitos tipos de conteúdos – inclusive questões polêmicas e estratégicas. Quanto mais pessoas participam de uma discussão, mais importante aquele tema deve ser. Dependendo do caso, o gestor deve avaliar se o assunto merece uma reunião ou uma conversa com a equipe.

Muitas das ferramentas que citamos aqui fornecem relatórios e gráficos relacionados aos comentários e postagens. Porém, mesmo que o sistema escolhido tenha ou não conte com essas sofisticações, é importante um gestor estar sempre de olho nos canais internos. Por trás dos números de curtidas e compartilhamentos pode estar uma série de definições importantes para o processo de tomada de decisão na empresa.

Algumas ferramentas já possuem relatórios ou são assistidas por especialistas que ajudam a gerá-los e a interpretá-los. É o caso de algumas plataforma integradas de comunicação interna. Escrevemos um eBook sobre plataformas de comunicação interna que você pode baixar gratuitamente clicando na imagem abaixo.

plataforma-o-que-e-e-quando-implantar

SocialBase

SocialBase

Conectamos as pessoas tornando o trabalho mais simples e produtivo! <3