Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Um panorama das ferramentas de Comunicação Interna no Brasil

Conceitos, métodos e teorias relacionadas à Comunicação Interna vêm evoluindo. Mas será que as tecnologias e ferramentas utilizadas pela área também acompanham esse avanço? Ou continuamos usando um telefone de lata para falar com os colaboradores?

Apesar de ser uma área ou atividade muitas vezes subjugada, a Comunicação Interna (CI) está intimamente ligada à temas que têm ganhado a atenção – e sobre os quais falamos muito aqui no blog – como turnover, cultura organizacional e employer branding.

A crescente preocupação das organizações com estes assuntos, centrados nos colaboradores, oferece à CI uma perspectiva de mostrar-se eficiente, não só em ações pontuais para informar, mas na criação de estratégias de diálogo interno.

Porém, para que isso se concretize e a área converta seus resultados em números significativos para a empresa, ela precisa de meios, ferramentas e tecnologias que potencializem seu trabalho e tenham aderência, criando canais que alcançam e engajam colaboradores.

Mas será que os canais de comunicação utilizados atualmente pelas empresas no Brasil realmente permitem isso e refletem essa preocupação?

Para saber a resposta – e conferir como anda a popularidade das ferramentas no geral e as previsões de investimento em tecnologia para a área de CI nas empresas brasileiras – confira o infográfico a seguir, com os dados retirados do relatório da pesquisa de Tendências para a Comunicação Interna 217, realizada pela SocialBase e a agência Ação Integrada com mais de 200 empresas, e compare com a sua realidade:

Liderança: o melhor canal de comunicação.

Praticamente todas as empresas respondentes reconhecem a importância dos líderes, e a grande maioria pretende intensificar a participação da liderança em algum nível hierárquico na Comunicação Interna.

panorama_ferramentas_ci_1
56,1% irá intensificar a participação de gestores na Comunicação;

 

panorama_ferramentas_ci_2
51,9% irá intensificar a participação de colegas multiplicadores na Comunicação;

 

panorama_ferramentas_ci_3
50,6% irá intensificar a participação da alta liderança na Comunicação;

O Futuro da Comunicação Interna é digital, mobile e social

Sobre as ferramentas, boa parte dos respondentes mostra-se aberta à novas tecnologias, seguindo a tendência de Digital Workplace.

panorama_ferramentas_ci_4
29,3% disseram que irão diminuir ou cortar o investimento em canais impressos

 

panorama_ferramentas_ci_5
80% responderam que irão manter ou aumentar o investimento em canais digitais

 

panorama_ferramentas_ci
30% pretendem aderir a aplicativos para smartphones

 

panorama_ferramentas_ci_6
21,3% pretendem aderir à uma Rede Social Corporativa


Ferramentas mais tradicionais permanecem sendo uma opção, mas algumas tendem a perder forças…

Mural, e-mail e intranet ainda têm seu lugar, porém a Comunicação Interna têm pedido mais do que eles oferecem. É hora de se reinventar!

panorama_ferramentas_ci_7
35,6% pretendem reduzir/descontinuar o uso ou responderam que não utilizam/nem pretendem utilizar Mural Digital e TV Corporativa

 

panorama_ferramentas_ci_8
9,1% diz que pretende parar de usar e-mail como ferramenta de Comunicação Interna

 

panorama_ferramentas_ci_9
17,2% disseram que pretendem reduzir/descontinuar o uso ou que não utilizam/não pretendem utilizar Intranet

 

panorama_ferramentas_ci_10
40,7% afirmam que não utilizam/não pretendem utilizar Revista/Jornal Impresso

 

panorama_ferramentas_ci_11
30,3% dizem que pretendem reduzir/descontinuar o uso ou que não utilizam/não pretendem utilizar Mural Impresso

Canais invasivos não tem aderência!

Ferramentas que são interruptivas não têm uma boa aceitação no mercado.

panorama_ferramentas_ci_12
15% apenas afirmou que pretende intensificar o uso de canais como pop-up/alerta para desktop/ SMS enquanto 85% pretende reduzir/descontinuar ou não utiliza/não pretende utilizar esse canal.


Ferramentas pesando no bolso…

A necessidade de investimento em novas proposta de Comunicação Interna – tanto sobre canais e ferramentas, como iniciativas e estratégias – é evidente, mas a pesquisa mostrou uma tímida melhora na disposição para investir.

panorama_ferramentas_ci_13

61,8% acreditam que sua empresa investe pouco em Comunicação Interna;

31% não sabe qual a faixa de investimento anual que sua empresa tem disponível para investir em Comunicação;

11,7% diz que sua empresa está disposta a investir até R$25mil/ano;

28% afirma que sua empresa está disposta a investir valores acima de R$25mil/ano em Comunicação;

Consequências dos dados

Sobre as ferramentas de Comunicação Interna existentes no mercado, podemos perceber que não há certo e errado, mas uma coisa mudou: canais digitais passam de apenas tendências para alternativas e soluções reais.

É importante frisar ainda que, na maior parte das vezes, o canal ideal que funciona muito bem para a organização “x” nem sempre será ideal para “y”, pois isso depende das particularidades do público interno e da forma de funcionamento da organização.  Assim como canais genéricos, como e-mails, revistas e murais impressos.

Felizmente, essas ferramentas engessadas ou pouco práticas estão cada vez dando lugar à tecnologias mais dinâmicas, atrativas e mensuráveis – que atendem as necessidades da empresa de comunicar, dos colaboradores de receber a informação mas também facilitam a vida dos profissionais de CI – como Redes Sociais Corporativas e Comunicados Digitais.

Para ver mais dados sobre ferramentas e canais de comunicação leia resultado  da pesquisa, fazendo o download completo do relatório aqui.

comunicados-digitais-cta

Artigo originalmente postado na 18ª Edição da Revista Cultura Colaborativa. Para conferir mais da publicação clique aqui.