Redes internas como fonte de boas ideias

Os canais de comunicação interna, como as intranets e as redes sociais corporativas, são úteis para todos na empresa. Os funcionários têm ali uma ferramenta de auxílio ao trabalho e à gestão, além de um espaço de troca de experiências e informações. Este conhecimento dividido entre todos pode ser muito útil para os diretores, como importante ferramenta de orientação e gestão.

Para aproveitar a informação que os canais internos de comunicação tem a oferecer, o gestor não precisa invadir a privacidade dos funcionários. Dados abertos a todos, debates e conteúdo de fora trazido para dentro da organização podem ajudar na definição dos rumos de empresa e na tomada de decisão pelos administradores. É o chamado “conhecimento coletivo organizacional”: gerado e registrado nessas redes para ser aplicado na instituição.

Um exemplo do aproveitamento do conhecimento coletivo organizacional está descrito no white paper “Intranets e Capital Intelectual”, produzido pela Talk, empresa de Florianópolis (SC) especializada em estratégias e gestão de presença digital. No texto, a equipe da Talk fala sobre a apropriação ética e eficiente de informações produzidas nas redes em prol da retenção do capital intelectual das empresas.

No white paper, o exemplo usado vem da própria Talk. Para compartilhar conhecimento na empresa, a equipe trocou um blog interno pela rede social corporativa SocialBase. Como é muito parecida com o Facebook, a adaptação dos funcionários foi rápida. Hoje, quase 90% dos colaboradores da empresa aderiram e são ativos na rede.

Quer conhecer melhor as vantagens da Talk com a SocialBase? Leia o white paper completo neste link.

SocialBase

SocialBase

Conectamos as pessoas tornando o trabalho mais simples e produtivo! <3