Pesquisa aponta uso corporativo das redes sociais e possibilidades novas para a comunicação interna

Você sabia que mais da metade dos usuários de redes sociais na América Latina usam redes sociais também para fins corporativos? É o que diz a pesquisa realizada pela ESET América Latina, companhia global de soluções de software de segurança, em 2013. No estudo, 51,4% dos entrevistados disseram que compartilham dados corporativos e que o uso para trabalho é o terceiro motivo mais importante.

Esse estudo comprova  que o uso corporativo das redes sociais é positivo e proveitoso,  já que essas plataformas têm características como massividade e instantaneidade. Para que sejam ferramentas efetivas e não apenas distração, é preciso criar políticas de segurança e de uso adequadas aos objetivos e visão da sua empresa. Além disso, é fundamental cuidar para que os ativos mais importantes do seu negócio, a informação, não se percam lá dentro.

A pesquisa também revelou que 70,5% dos entrevistados usam algum tipo de dispositivo móvel para acessar as redes sociais. Isso mostra, mais uma vez, que melhor do que restringir totalmente o uso é preciso pensar em como utilizá-lo a favor da empresa. Algumas companhias já aderiram ao uso livre de smartphones (BYOD – Bring your own device) e redes sociais. Antes, provavelmente avaliaram benefícios e riscos da liberação e implantaram uma política de uso.

É inegável que as mídias sociais são um ambiente de acesso rápido e fácil ao conhecimento, onde as pessoas podem discutir, apresentar idéias e registrá-las. A plataforma é também um ponto de encontro para o fomento da inovação e para o compartilhamento de  informações. Por tudo isso, as mídias sociais podem ser uma ferramenta muito eficaz para melhorar a comunicação interna de qualquer empresa. Mas lembre-se: o uso corporativo das redes sociais só irá beneficiar sua comunicação se for planejado e monitorado, dentro de uma plataforma de comunicação interna adequada.

E você? Comente sobre o que acha do uso corporativo das redes sociais?

Crédito de imagem: Jakub Krechowicz/CC

Radamés Martini

Radamés Martini

Rada Martini é Administrador de Empresas com MBA em Gestão de Projetos; fundador e CEO da SocialBase.